Como lidar com tribulação e angústia

José Augusto Pedra

Quando passamos por tribulações, adversidades, reveses e não encontramos a saída, sentimos ansiedade, angústia e somos tomados por dúvidas e incertezas. Mas se nesta hora mantivermos a mente focada em Cristo, seremos capazes de experimentar profunda paz e criar com isso as condições necessárias para encontrarmos a solução. Para isso, é necessário nos aquietarmos internamente para criar um estado mental favorável ao insight e à comunhão com Deus.

Se nos assentarmos tranquilamente e focarmos nossa atenção em respirar profundamente alguns minutos e mantivermos nossa mente focada em coisas boas, ou mesmo em algum texto da palavra de Deus que nos proporcione segurança, confiança e fortalecimento da esperança, poderemos alterar o nosso ritmo cerebral, fazendo baixar a predominância de ondas beta e ritmo sensório motor, aumentando a freqüência de ondas alfa e teta, que são as ondas favoráveis à criatividade e à liberação da imaginação.

Jesus nos ensinou a buscarmos estar com ele sempre que possível (Mc 3:13-14), no entanto buscar sua presença e comunhão nas horas difíceis requer maior poder de concentração e maturidade. Com um pouco de treinamento veremos que ficará cada vez mais fácil fazê-lo. O próprio Senhor Jesus fez isso em vários momentos de crise, de busca de definição de vida, de metas e de estratégias (Mc 1:35-39).

Existe um mistério na Palavra de Deus, que é a intervenção sobrenatural do Espírito Santo, disponível a quem crê na sua Palavra e nela medita. Ele atua energizando nossas mentes, proporcionando discernimento e fortalecimento da fé, promovendo o insight e mobilizando a motivação para a vida, em nosso interior.

Quando então nos aquietamos, respirando profundamente e meditamos em algum texto da sua Palavra, em poucos minutos sentimos a sua paz e o fortalecimento motivacional é imediato. Certamente que a paz, o conforto e a liberação da imaginação se manifestarão criativamente.

O desafio nestes dias estressantes é conseguir parar para estar com Ele e executar este exercício. Muitas vezes preferimos nos angustiar, reclamar, questionar, somatizar e criar uma sensação de piora frente aos problemas, do que parar para buscar ao Senhor, orar, respirar e meditar. Mas à medida que os resultados mencionados forem obtidos, constataremos que buscar ao Senhor é a melhor opção para as horas de crise.

Por isso, pare de sofrer e inicie hoje mesmo este exercício espiritual. Encontre um tempo para parar e buscar ao Senhor. Sugestão para meditar hoje: O Reino de Deus é semelhante a um tesouro oculto num campo, o qual certo homem, tendo-o encontrado, vai, vende tudo o que tem e compra aquele campo – Mt 13:44. Que Deus te abençoe rica e abundantemente!

Brasília, 06 de janeiro de 2011.

Sobre Rev. Augusto Pedra

Teólogo. Psicólogo. Psicoterapeuta. Pastor Evangélico e Vice-presidente da ICB(*) – Igreja Cristã de Brasília. Especialista em Psicanálise e Inteligência Multifocal na Reconstrução da Educação. Especialista em Teologia da Missão Urbana.